16 de março de 2015

Ética:Uma reflexão

Imagem: http://site.adital.com.br/
Meus Caros Internautas,



Os últimos acontecimentos na mídia escrita, no rádio, nas manifestações populares e, principalmente, na maior rede de televisão do Brasil, abre o alerta vermelho para as autoridades governamentais, empresários, parlamentares e para a sociedade em geral, que está sendo aviltada e enganada na sua livre iniciativa de manifestação, na informação, na exposição de idéias, pensamentos e na liberdade de expressão, por determinados meios de comunicação, como também pela ação corrupta dos nossos empresários, políticos e governantes. O controle, a normatização, a fiscalização e a punição, devem fazer parte  do processo democrático e  permanecerem inalteráveis nas linhas da Carta Magna da Nação. Os interesse  obscuros e econômicos/financeiros tem norteado, confundido e interferido no processo de liberdade de expressão e da livre iniciativa, porque o que impera é a desinformação. Jamais meios de comunicação, que são concessões públicas, deveriam se acoitar, tal como lampião, no colo de determinado governante ou partido político, assim como, monopolizar a sociedade com pretensão de seus interesses escusos e econômicos. 

 A sínica, anti-ética, interesseira e inescrupulosa opção partidária de determinados órgãos de comunicação, impõe que  os competentes órgãos judiciais Brasileiros tomem ações de correção democrática, URGENTE,  visando evitar uma possível mobilização e manipulação popular e de entidades, que comprometam a nossa frágil democracia que luta, ainda com dificuldades,  para cimentar seus patamares de grandeza e de desenvolvimento político e social. Não é mais suportável que fiquemos apenas como meros expectadores, e que venhamos, de futuro, sermos atingidos nesse amplo e vergonhoso  tiroteio de inverdades, difamações e calúnias dos meios de comunicação comprometidos com determinados segmentos sociais, políticos e econômicos. Entendo que já fui atingido, independemente, da minha opção político partidária, porque busco sempre a paz, a justiça e a liberdade, como forma de promover uma vida de paz e harmonia familiar e profissional. Ética, parece que é uma palavra mágica; difícil de se  encontrar em determinadas pessoas, instituições e na grande maioria dos políticos e governantes; lamentável, muito lamentável; porque ética, é viver e aperfeiçoar nossos próprios atos, discursos e comportamentos sociais, é fazer com que nossas palavras defendam e construam projetos para a sua cidade, para o seu estado e para  Nação. 

Ética é cada vez mais o compromisso e a responsabilidade do homem e do Político  com seu próprio destino e para com os destinos da Nação Brasileira. Ética significa: filosofia que estuda os valores do homem para com DEUS; ciência da moral; Constituição de valores e regras de sociedade para assegurar a convivência e harmonia social, política e familiar. É Perseguir a verdade, vigiar e exercitar a cidadania plena conforme os preceitos constitucionais; Esse  são os verbos indispensáveis ao substantivo ética, que me parece uma prática pouco comum, ainda nos meios políticos, empresariais e de comunicação. Lamentavelmente! É preservar a paz e a justiça, respeitando os limites e as regras que a sociedade impõe, para que direitos e deveres estejam equilibrados e proporcionem sempre a liberdade e justiça plena; é aquela que não fere e não discrimina. O MAIS IMPORTANTE NA ÉTICA É O CARÁTER. É através dela, de pequenos gestos, que o ser humano firma sua presença no mundo e utiliza sua sabedoria para permitir os atos que os norteiam. Muitas vezes ser ético é complicado, é correr o risco de parecer retrógrado.  Rui Barbosa, certa vez disse: DE TANTO VER PROSPERAR A DESONRA, O HOMEM CHEGA A DESANIMAR DA VIRTUDE, A RIR-SE DA HONRA, A TER VERGONHA DE SER HONESTO; reflitamos então! Tal expressão dita há quase um século traduz-se numa verdade atual e absoluta.

Qual será o futuro dos nossos filhos, se continuarmos com a impunidade latente, com a corrupção descarada, com o corporativismo nojento e os interesses escusos das instituições e a farsa dos meios de comunicação? Precisamos urgentemente banir da sociedade essas práticas nefastas, esses políticos indecorosos, esses empresários desonestos e essas autoridades corruptas. O caminho é simples, o voto, mas o voto responsável, verdadeiramente cívico e objetivando o crescimento e o desenvolvimento do país, deixando de lado os interesses pessoais e particulares.  Mas devemos fazê-lo dentro das regras Constitucionais, respeitando as Pessoas, as Autoridades constituídas, as instituições e com RESPONSABILIDADE. Acusações sem provas, criminosas e políticas devem ser interpretadas como "dolo”, e dolo significa má fé, que é crime previsto em lei.

E que o bom DEUS proteja o Brasil.
Um Abraço,




Share |
http://twitter.com/ajuanselmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARACAJU (SE), A CIDADE DA QUALIDADE DE VIDA.
- Visite Também:

- Siga-me no Twitter/Facebook:
- twitter.com/ajuanselmo
- https://www.facebook.com/ajuanselmo

Related Posts with Thumbnails